Este é o novo blog UERJ Ocupada, o blog que nasceu como o veículo oficial de comunicação da ocupação da reitoria da UERJ, em setembro de 2008, continuou como o principal meio de comunicação dos estudantes da nossa Universidade e que volta agora, em 2009, renovado para um ano de muita luta e, sobretudo, de ocupação do espaço da Universidade para a construção da UERJ que queremos.

Venha fazer parte deste movimento você também! Fique sabendo por aqui o que está acontecendo, se informe, mas sobretudo PARTICIPE, pois este blog é um espaço feito para ser ocupado pelos estudantes da UERJ.

Envie fotos, criticas, denuncias, sugestões, historias, artigos, desenhos, charges etc. para o e-mailocupacaouerj@gmail.com teremos prazer em publicar o que nos for enviado!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

A UERJ Também é sua, e a luta continua!

Estamos entrando no terceiro mês de greve, o governo se mostra irredutível e a reitoria e os 'fóruns' da vida continuam agindo como funcionários do Cabral que tentam a todo custo acabar com a luta na Uerj.


Temos que nos manter firmes, com o movimento estudantil na luta pela Uerj de qualidade!



Fiquem ligados na Agenda localizada na barra lateral deste blog. O momento é crítico e decisivo para a nossa universidade, temos uma audiencia publica e um conselho universitário marcado, alem de reunioes e atos muito importantes!

3 comentários:

CarlosEduardo disse...

Que tal colocar um novo post/texto fazendo uma convocação para a assembleia dos estudantes?

Vitor de Souza disse...

Saudações ocupantes, ou seria desocupados?

Queria reforçar a importância da manutenção deste blog, apesar de sua atual subutilização;
Pois bem, vou prestar minha colaboração na reocupação deste espaço:

- Acho que a ocupação da reitoria foi uma realização que nos mostrou capazes de interferir numa realidade dada; também acho muito difícil um movimento dessa dimensão se repetir de forma espontânea. Não há um fato que interfira na vida universitária tão diretamente quanto foi a possibilidade da greve. O bandejão e as bolsas não são fundamentais para todos os estudantes e o corte de verbas é igualmente ignorado por uma boa parcela dos estudantes.
- Um ME que almeje alcançar suas pautas necessita de “massa”; como fazer isso agora? A resposta é: Não dá... Não dá pra colocar muita gente nas assembléias, nos prédios e muito menos nas ruas; O movimento precisa se consolidar aos poucos e entender que a ocupação da reitoria foi um acaso.
- Acho que para a consolidação do movimento, as atividades e realizações devem acontecer em escalas menores; menos discursos, mais conversas; menos assembléias, mais debates; menos passeatas, mais atividades internas. A passeata deve ser considerada o ápice de um movimento, que deve ser precedido pelo envolvimento e intimidade dos protestantes com o movimento. A simples convocação de estudantes, acaba por desgastar, e muitas vezes banalizar o instrumento passeata.
- Pensar em atividades que aproximem os estudantes é dever de quem compartilha da indignação frente à situação da UERJ. A realização das mesmas é uma ação intrínseca aos que verdadeiramente acreditam na união dos estudantes e na mudança do papel da UERJ nas relações sociais com a população.

Tenho algumas propostas:

- Elaboração de uma carta informativa sobre os desmandos dos administradores da Uerj (governo e reitoria) que seja assinada por pessoas com grande credibilidade, como por exemplo, os componentes da Comissão de educação da Alerj. Com ampla distribuição.
- Atividades culturais periódicas (exibição de filmes, debates, oficinas...)
- Realização de uma grande noite da ocupação com apresentações de artistas sensíveis às causas sociais (MV BILL, Tereza Cristina, Mc Léo...).

Vlw, Vitor.

Patrícia disse...

Foi gratificante assistir hoje, pela TV, as galerias da ALERJ lotadas com colegas estudantes e companheiros da ASDUERJ e SINTUPERJ. Enquanto a Reitoria apoiava a UERJ XXI com faixas e adesivos: Plano sem emendas - eu aprovo, foi lindo ver as entidades reconhecidas da minha universidade: DCE,SINTUPERJ e ASDUERJ lutando por emendas que qualificarão ainda mais o corpo docente. Parabéns aos colegas! A unidade se dá na luta!

 
© 2008 *By Templates para Você*